Como Assim, Apaixonado?

Estou um pouco triste esse final de semana, carente, mas eu sei que a carência é um monstro, e devemos trabalhar para elimina-lo de nossas vidas!“. Concordei com o que meu amigo escreveu e logo me coloquei à disposição para sair, fazer alguma coisa… Pegar um cinema, tomar um chá ou qualquer coisa que o tirasse desse momento triste.

Por diversas vezes já me vi carente em incansáveis finais de semana sozinho, sem amigo para sair ou conversar… Sem namorado ou alguém bacana para ficar. Enfim, um porre!

E quando alguém novo entrava em minha vida o meu anseio de suprir a minha carência era tão grande que sufocava. Eu não via os defeitos, me encaixa nos horários disponível, aceitava tudo o que era dito, raramente falava ‘Não.‘, aturava algumas atitudes… Estava 100% feliz?! Não, mas não estava sozinho.

Casal-Apaixonado

Eis que Quarta-feira recebo uma alegre mensagem do meu amigo, dizendo que estava apaixonado, fui taxativo: Como assim… Apaixonado?! Até ontem você está triste pois estava sozinho. Não banaliza, não tumultua! rs

Nesse filme de super-herói a carência ainda é meu grande vilão, minha kriptonita. Já sofri muito, como muita gente. Hoje tenho alguns truques na manga, algumas armas ao meu favor… Só que o mais importante é não banalizar o que se sente pelo simples motivo de ter medo de ficar sozinho ou por pura carência.

Jamais vou dizer que estou namorando uma pessoa que conheço à 5 dias ou dizer que estou apaixonado em 2. Por que pulamos etapas? A pressa é inimiga da perfeição… A força para vencer o vilão, explodir a kriptonita no espaço, nada mais é do que um relacionamento fundado em conhecimento, verdade, reciprocidade.

O final de semana chegou novamente e o discurso do meu amigo foi o mesmo do inicio do post, lá estava ele sozinho a ‘paixão‘ não deu certo, e falei: Vamos dar uma volta no shopping ou tomar um café!? Não quero vê-lo triste… 🙂

Valentine’s Day

Valentines-Day-02

Amor perfeito é aquele que no meio da confusão, do caos, esta ali, forte, reluzente, tão brilhante que cega! É a luz, o caminho certo, a ponte que atravessa os penhascos. Não é abstrato, tem a forma do infinito ou qualquer forma, e sim, colorido, fogo, cheio de vida! Fácil e de graça. Esperto, rasteiro e cego.

Amor é gentileza, toque, afago, abraço, é amigo. Foi passado, é presente e vai ser futuro. Prende e liberta! É sopro e mordida, vida e morte. É hoje e sempre. Sorriso ou choro, paz e guerra… Uma Montanha Russa ou a brisa do mar. Recém-nascido ou velho. É coisa séria mas cheia de bobagens. Amor sou eu, amor é você. Por isso ame, pois amar é a coisa mais simples do mundo. Feliz Valentine’s Day ❤ #SpreadTheLove

Amigos Verdadeiros

Sempre fui uma pessoa que estava cercado de gente o tempo todo. Muitos dizem que sou carismático, talvez seja esse o motivo. Gosto de conhecer pessoas, de fazer reuniões, juntar grupos de amizades, misturar a turma do trabalho com meus amigos de infância, os amigos da faculdade com os amigos da época do colégio e porque não, todos juntos de vez em quando. Não tenho ciúmes de compartilhar as pessoas que quero bem. Mas sempre fui eu quem unia todos, quem fazia as conexões.

De uns tempos prá cá, algumas coisas mudaram. Fui percebendo que as pessoas esperavam sempre o meu primeiro passo, eu que sempre marquei os encontros, quem fazia questão de estar reunindo todos e de ter todos próximos… Fui ficando desgostoso. Senti a necessidade de receber um convite, queria que as pessoas fizessem questão da minha presença e não eu ter que ficar marcando tudo. Não quero parecer egoísta, longe disso, talvez não fique claro mas um famoso ditado se encaixaria aqui perfeitamente: Venha a nós, mas ao vosso reino: Nada?

Foi nesse momento que comecei a me questionar sobre os verdadeiros amigos, hoje tenho 34 anos, e ainda não tenho uma resposta concreta sobre o assunto. Estranho, não? Eu sei diferenciar meus amigos dos colegas, não sou tão inocente assim, mas na minha vida a palavra AMIGO, tem um peso muito importante. O valor que dou para uma amizade muitas vezes não é reciproco, por esse motivo fico a me questionar. Será que para uma verdadeira amizade deve haver essa troca ou é paranóia da minha cabeça?

Eu não sei ser amigo pela metade, por esse motivo espero o tanto quanto. E se souber estimar minha amizade, vai tê-la para o resto da vida. E não penso duas vezes entre um relacionamento amoroso e uma amizade.

– Não quer alguém para passar sua vida? Que sempre te dará apoio?
– Eu tenho isso…
– Não é a mesma coisa. Amigos não preencherão todas suas necessidades.
– Não são só amigos. São minha família.

É isso, será que ficou faltando dizer alguma coisa… ?

Onde-não-há-igualdade-a-amizade-não-perdura

Dia Do Amigo!

Durante toda minha vida, muitas pessoas passaram por mim, dia após dia. Mas somente algumas dessas pessoas, ficarão para sempre em minha memória. Cada uma com suas particularidades, seus defeitos e perfeições. E todas, de uma maneira ou de outra, completam o meu ser. Um feliz dia, meus amigos! #MuchLove

Feliz-Dia-Do-Amigo