Sense 8

sense-8-serie

Já ouviu falar da nova produção original da Netflix, o seriado Sense 8? Se a respostas for não… Não deixe de conferir, a plataforma já disponibilizou todos os episódios e a série está sendo um estrondoso sucesso pelo mundo todo. Mas do que se trata, você deve estar se perguntando. Correto?

Bom, a história acompanha a vida de oito pessoas espalhadas pelo mundo que estão conectadas através da mente e das emoções, os sensates (sensitivos, no português). O que um sente, todos os outros acabam sentindo e na maioria das vezes conseguem se ver e conversar como se estivessem no mesmo lugar.

É uma série ousada, cheia de minuciosidades e a trama não deixa nenhum buraco, tudo é devidamente explicado e vamos vivenciando junto aos personagens. De fato, a série esta longe ser algo simplório, foram meses de gravações em pelo menos oito países e contém muitas cenas simultâneas em até quatro países diferente.

Quem são os 8 Sensates? Will (Brian J. Smith), policial em Chicago; Riley (Tuppence Middleton), uma DJ na Islândia; Wolfgang (Max Riemelt), um ladrão na Alemanha; Lito (Miguel Silvestri), ator e gay não assumido no Mexico; Nomi (Jamie Clayton), uma transexual em São Francisco,  Sun (Doona Bae), uma executiva e mestre de Artes Marciais na Coréia do Sul; Capheus (Aml Ameen), motorista de ônibus no Quênia, África; Kala (Tena Desae), uma farmacêutica noiva de um homem que não ama, em Mumbai, Índia;  Temos o Jonas (Naveen Andrews), homem que está a par do contato que ocorre entre as oito pessoas e se prontifica a ajudá-las e Angel (Daryl Hannah), mulher obrigada a fazer um sacrifício para proteger algo maior e quem localizou os oitos sensates. Na ordem:

sense-8-elenco

Depois de Spartacus e Sex And The City, minhas series favoritas, fazia tempo que eu não me sentia preso, envolvido em um trama que me fizesse ficar horas em frente à TV. Tudo é mostrado da forma mais natural possível, não há exageros, não há clichês e muito menos estereótipos. Elenco afiado, fotografia incrível. Simplesmente adorei e já estou ansioso pela 2ª temporada, e você?

Livro: A Culpa É Das Estrelas – John Green

Quando em um romance a frase ❝ Eu vou amar você para sempre ❞ é uma expressão injusta e até mesmo forte? Raro não é? Mas entre Hazel Grace e Augustus Waters são essas as condições. Ambos têm o câncer em comum, ela, metástase nos pulmões, e ele, há um ano e meio havia se livrado de um câncer que lhe custou uma perna.

a-culpa-e-das-estrelas-john-green… Eu quis escrever um livro sobre como vivemos num mundo que não é justo, e sobre ser ou não possível viver uma vida plena e significativa. ❞ diz John Green, autor do livro. E a idéia seguiu seu fluxo. Quando comecei a ler o livro logo percebi que tinha uma obra linda em minhas mãos, tanto que levei menos de um dia para ler. Não me cansei, fiquei muito ansioso, dei muitas risadas e chorei bastante também. O que é inédito, nunca senti tantas emoções ao ler um livro.

Tanto Hazel e Augustus são muitos jovens e desde o início você torce pela cura e pelo amor. Ambos são muito espertos e têm umas tiradas inteligentes, irônicas e até engraçadas que somente quem já passou por muita coisa na vida saberia faze-las.

Por mais que eles tenham um vida normal, frequentem o grupo de apoio, aonde você acaba conhecendo outros personagens marcante do livro, a doença e suas marcas estão presente o tempo todo, palpável, não se permiti ser esquecida por um minuto se quer. Tanto que uma frase de Hazel me chamou muito atenção: O câncer é como nós, apenas um tipo de ser, que assim como nós quer viver, existir, é feito de nós.

O livro é cheio de mensagens e frases de efeito. Não vou me estender muito sobre os personagens pois quero deixar a curiosidade da leitura. Quem já leu pode compartilhar o que achou e quem não leu segue aqui uma ótima dica de leitura. Abaixo algumas das frases:

❝ Seria uma honra ter o coração partido por você. 

❝ Meus pensamentos são estrelas que eu não consigo arrumar em constelações. 

❝ Esse é o problema da dor, ela precisa ser sentida. 

❝ Às vezes as pessoas não têm noção das promessas que estão fazendo no momento em que as fazem. 

❝ Não sou formada em matemática, mas sei de uma coisa: existe uma quantidade infinita de números entre 0 e 1. Tem o 0,1 e o 0,12 e o 0,112 e uma infinidade de outros. Obviamente, existe um conjunto ainda maior entre o 0 e o 2, ou entre o 0 e o 1 milhão. Alguns infinitos são maiores que outros… 

❝ O mundo não é uma fábrica de realização de desejos.