O Melhor do SPFW Verão 2017

spfw-verao-2017Com o tema “Mãos de Ouro”, o SPFW começa a sua edição de verão 2017 celebrando a capacidade humana de repensar, colocar a mão na massa e se reinventar, recomeçar. E chegou com mudanças importantes e estreias de figuras já carimbadas de outrora, Alexandre Herchcovitch, que deixou a direção criativa de sua marca, encabeça agora a grife À La Garçonne. A.Brand, Murilo Lomas e Amir Slama também são estreantes nesse SPFW.

Nesse ano quem abriu a temporada foi o estilista Fause Haten com desfile único nesse Domingo, 24. Já na Segunda-feira tivemos os desfiles de: Lilly Sarti, Uma Raquel Davidowicz, Amabilis (selecionada no Projeto Top 5), Apartamento 03Ronaldo Fraga que foi o meu escolhido do dia. Ele trouxe cor mesmo baseando sua coleção no drama dos refugiados. Acredito que esse é o meu primeiro salve para Ronaldo, fechou com chave de ouro esse dia com uma coleção muito bem amarrada, rica de detalhes e cores vivas e estampas afro. #Arrasou

spfw-verão-2017-Ronaldo-Fraga-Masculino

spfw-verão-2017-Ronaldo-Fraga-Feminino

Já o 3º dia de SPFW estava recheado: Paula Raia, Osklen, Vix, Lolitta, Adriana Degreas, A. Brand, Patricia Viera, Juliana Jabour, PatBo e Karl Lagerfeld for Riachuelo. Eu, nem sei por onde começar… Acho que as cores e as estampas que faltou no dia anterior, tivemos overdose nesse dia. Lolitta, trouxe looks com faixas, trançados, decote, saias. E o que tinha tudo para dar errado, ficou muito chic, refinado, uma coleção vendável e de muito bom gosto.

spfw-verão-2017-Lolitta

A.Brand trouxe uma coleção com estampas fortes, cores vivas e muito bem humorada. Gostei! Vai ser fácil ver essa coleção entre as garotas nesse verão.

spfw-verão-2017-A-Brand

Agora a coleção que todo mundo está falando, Karl Lagerfeld para a Riachuelo, coleção totalmente para varejão e que trouxe as araras de roupas para dentro da sala de desfile, literalmente! Coleção forte e totalmente fashionista. Jaquetas, saias, muito animal print colorido e muito, muito Karl Lagerfeld. A coleção parece ser mais uma homenagem ao estilista do que propriamente dita como assinada. Vai ser o Must Have desse Outono/Verão, pois as peças já começaram a ser vendidas. #Show! 🙂

spfw-verão-2017-Karl-Lagerfeld-Riachuelo

O tempo não sabia se fazia sol ou chuva na Quarta-feira e 4º dia de SPFW. Mas o time que se apresentou não teve tempo ruim: Vitorino Campos, Reinaldo Lourenço, Isabela Capeto, Iódice, Lenny Niemeyer, A La Garçonne, Samuel Cirnansck, TriyaEllus 2nd Floor. E meu escolhido da noite foi a moda praia de Lenny Niemeyer, coleção que gostei do primeiro ao último look. Inspirada nas cores e estampas orientais, as mulheres de Lenny vão se sentir bem desde à hora que acorda com até o momento de lazer na praia, coleção completíssima! Salve!

spfw-verão-2017-Lenny-Niemeyer

Samuel Cirnansck nos deu um deite aos olhos. Que coleção para festas lindo. Rendas, pedras, cinturas, fitas e brilho, tudo na proporções exatas, tudo muito chic, elegante. Simplismente, adorei!

spfw-verão-2017-Samuel-Cirnansck

No 5º tivemos os desfiles de: Gloria Coelho, Água de Coco por Liana Thomaz, João Pimenta, Salinas, Murilo Lomas, Amir SlamaHelo Rocha. E meu the besta do dia foi para Murilo Lomas que trouxe cor, beach wear para nós homens! Uhuuuu… Coleção para todos os gostos, para os mais sóbrios, para os fashionistas, para os surfistas, enfim, para todos os tipos de homens. 🙂 Gostei da cartela de cores e das estampas.

spfw-verão-2017-Murilo-Lomas

Fechando o último dia de desfile, tivemos as marcas: Lino Villaventura, Esther Bauman – Acquastudio, Wagner Kallieno, GIG Couture, Ratier, Cotton ProjectEllus. E um dos desfiles que mais me marcou nesse dia foi o Wagner Kallieno, parecia tudo mágico, o estilista juntou dança + guarda-roupa masculino com paetês ou lamês + releituras femininas de alfaiataria e toque esportivo. Tudo isso inspirado no anos 80, “Alex”, a protagonista do filme “Flasdhdance“.

spfw-verão-2017-wagner-kallieno

Pra encerrar a semana de moda, a Ellus apresentou um desfile que a impressão que tive é que ouve disparo para todos os lados, e a marca acertou todos os alvos. Coleção com mix de praia, streetwear e tecnologia. Flores havaianas viraram bonitos prints de fundo azul acinzentado ou verde militar e a renda resinada, confeccionada na França, perdeu o aspecto handmade e ganha efeito tecnológico. Mais um SPFW entregue com chave de ouro!

spfw-verão-2017-ellus

Fotos: Charles Naseh | Chic

Nos Meus 36 Anos De Idade…

Eu já ouvi algumas músicas do Balão Mágico e já vi alguns filmes da Xuxa no cinema, assim como vi “Batman – O Retorno” acompanhado da minha mãe e minha madrinha. Já ganhei uma festa surpresa, e já ganhei algo que eu não gostava. Já fiz cartões de Natal, é já li um livro de 150 páginas em um dia. Já viajei de navio e já escrevi 2 e-books.

Já escondi brigadeiros para comer depois e já menti algumas vezes. Vi a queda do muro de Berlim, também vi a morte do Michael Jackson, Senna, Amy Winehouse e Whitney Houston. Já tive meu primeiro amor. E já fui à 2 shows da Madonna, assim como já vi o Brasil ser campeão 2 vezes da Copa do Mundo, já assisti 3 vezes todas as temporadas de Sex And The City e já votei em 5 eleições para presidente.

Eu já trai e já fui traído, eu já torci a perna, eu já comprei uma Louis Vuitton, eu nunca plantei uma árvore, mas já plantei manjericão. Eu já doei sangue e já engoli um dente. Já tive um amor não correspondido, já fumei maconha e já fui assaltado. E já me vesti de mulher, já gravei uma música, e já entrevistei a Vera Holtz.

Já fui ao SPFW e já usei um Motorola V3. Já brinquei de Pega Vareta e já perdi dinheiro no Bingo. Já passei tardes no Playcenter e já tingi o cabelo de louro. Eu já fui em uma festa à fantasia e já brinquei de boneca. Já dancei Macarena, Thriller e Step By Step e já chorei com My Heart Will Go On. [Update]: Já sou tio de um lindo príncipe chamado, Alexandre!

Hoje completo meus 36 anos de idade, e eu já fiz muita coisa, mas há sempre muito a fazer e muito o que aprender. Feliz aniversário pra mim! 😀

Cupcake-Aniversário-36-Anos

O Melhor do SPFW Inverno 2016

spfw-inverno-2016O maior evento de moda nacional chega à sua 40ª edição! Uhuuuu… São 20 anos, e com o tema “Do princípio ao início“, o evento só têm o que celebrar! O SPFW colocou o Brasil no circuito da moda mundial, o que é muito importante para todos nós, pois temos nossa cultura respeitada e valorizada. Nessa temporada as grifes nacionais apresentaram suas principais apostas para a estação mais fria, vêm comigo conferir o que achei de mais bacana na temporada de inverno do SPFW.

O 1º Dia foi só dele, Alexandre Herchcovitch apresentou sua coleção feminina direto da sede da Prefeitura de São Paulo, após décadas o estilista mantém sua elegância, cada vez mais refinada. E nessa coleção, Herchcovitch revê com maestria e maturidade suas arte, utilizando matéria primas de máxima qualidade, sempre com sua ousadia e a criatividade.

spfw-inverno-2016-Alexandre-Herchcovitch

Já no 2º Dia tivemos os desfiles de Animale, Uma Raquel Davidowicz, Ronaldo Fraga e Lilly Sarti que foi a minha escolhida. Pra quem gosta de misticismo e dark, a coleção esta perfeita. couro, camurça, tricôs abertos, chamois e pelúcias que esvoaçam mais do que esquentam. Acho chic, fino e glamuroso.

spfw-inverno-2016-lilly-sarti

O 3º Dia contou com os desfiles da Vitorino Campos, Iódice, GIG Couture, João Pimenta, PatBo e Ellus! Esse dia foi mágico, como não se apaixonar pela coleção do João Pimenta, um dos meus preferidos! Como agora o foco do João é o ateliê, à alfaiataria, o sob medida feito a portas fechadas e horário marcado, prometo que vou entrar naquelas dietas ferrenhas e ainda vou entrar em uma roupa da grife dele! 🙂
Coleção linda que mistura com matéria-prima de alfaiate com modelagem de rua.

spfw-inverno-2016-joao-pimenta

Patricia Bonaldi que lidera a marca PatBo, apresentou com maestria o bordado em sua coleção, cordas de seda e algodão deu o ponta pé inicial. Adorei as peças Black & White, os efeitos das tramas e a construção/desconstrução das peças.

spfw-inverno-2016-patbo

A Ellus é esperta! Assim que a primeira modelo desapontou na passarela logo me veio em mente a label Moschino! Não tão colorida quanto, mas com quase a mesma tipologia da marca italiana. Os jovens da Ellus vão voltar para os anos 90, top com barriga de fora, jogging jeans, emborrachados, preto e branco versus cores bold, prateados, logomania e etc.

spfw-inverno-2016-ellus

Já o 4º Dia do SPFW, tivemos os desfiles da Reinaldo Lourenço, Samuel Cirnansck, Apartamento, a estreia da mineira Coven e Hêlo Rocha. Bom, Reinaldo já tem rei até no nome e dispensa comentários. Como sempre, coleção impecável! Inspirada em suas viagens para Portugal, sr. Loureço fez uso do veludo, renda e point d’esprit.

spfw-inverno-2016-reinaldo-lourenço

As mulheres da Hêlo Rocha são poderosas, e a coleção tem base de couro, com foco no píton, e o preto, branco e vermelho. Misturando texturas com bordados, aplicações, recortes e rendas, simplesmente um arraso! Salve para Hêlo! 😀

spfw-inverno-2016-helo-rocha5º Dia ficou com Lethicia para Riachuelo, Gloria Coelho, Fernanda Yamamoto, Juliana Jabour, Lolitta, Lino Villaventura e Osklen. Quando vi a coleção da Jabour lembrei loga da Kylie Minogue, coleção super 80′, carregadíssima, grafiquíssima, cheia de informações e volumes e sobreposições e silhuetas.

spfw-inverno-2016-juliana-jabour

Lolita Hannud trouxes as armaduras medievais para sua coleção de inverno, e ficou lindo! #Adorei.

spfw-inverno-2016-lolitta

O 6º Dia, e último, Giuliana Romanno, Patricia Viera, Wagner Kallieno, Ratier, Colcci e Amapô. Fiquei surpreso pela coleção do Kallieno, ele não vai ser tão frio quanto esperamos, mas vamos ter “cachecóis” de pele e muitas saias. Casacos e vestidos com recortes que parecem latex ou couro vernizado (sem o release da marca, não consegui idenfiticar).

spfw-inverno-2016-Wagner-Kallieno

A Colcci não fechou a semana de moda mas lacrou com chave de ouro, dessa vez não tivemos Gisele Bündchen na passarela, mas a dupla Adriana Zucco e Jeziel Moraes não fez feio. Como o esperado, o jeans é o ponto forte da marca.

spfw-inverno-2016-colcci

Fotos: Charles Naseh | Chic

O Melhor do SPFW Verão 2016

spfw-verao-2016Esse ano o maior evento de moda da América Latina, o São Paulo Fashion Week teve um gostinho mega especial. Esse ano o evento comemora 20 anos e foi o escolhido pela nossa über, Gisele Bündchen, para realizar seu desfile de despedida das passarelas. Momento histórico para a moda e até mesmo para a marca Colcci que têm a modelo como garota propaganda por mais de 10 anos, não é momento de tristeza e sim de celebrações e homenagens. E falando em homenagem, o SPFW  homenageia o ❝ Fazer ❞. O fazer que constrói, inclui, inspira, educa e transforma. Nessa temporada de Verão além dos desfiles, o SPFW abrigou exposições e ações por toda a cidade, levando conteúdo de moda para todos. Agora compartilho o que achei de mais bacana no SPFW Verão 2016.

Pela terceira coleção consecutiva, a Animale apresentou um dos melhores desfiles do 1º Dia de SPFW. Assimetrias, vestidos com janelas abertas na altura da cintura e o branco como cor predominante. Vitorino Campos fez bom uso das fendas verticais.

spfw-verão-2016-Animale

Nesse mesmo dia tivemos os desfiles da Uma Raquel Davidowicz, PatBo, Cavalera e TNG, que também apresentou uma coleção que vai ser sucesso de vendas.

spfw-verão-2016-TNG

No 2º Dia de SPFW tivemos os desfiles da Paula RaiaOsklenPatrícia VieiraEllusÁgua de Coco por Liana ThomazLilly SartiSacadaJuliana Jabour e Triya. Foi um dia cheio de surpresas, tanto que escolhi 4 deles como os melhores! 🙂 A Osklen teve como inspiração os índios do Acre, os AshaninkaOskar soube utilizar os melhores elementos estético dessa cultura minimalista.

spfw-verão-2016-osklen

A Ellus, trouxe um desfile cheio de referências do Marrocos, amarrações, tapeçaria e as cores do deserto. Ficou uma linda coleção, #Adorei!

spfw-verão-2016-ellus

Já a Água de Coco, desenhada pela Liana Thomaz trouxe o que as mulheres estavam precisando para tomar um banho de praia em um resort. Muita elegância em peças feitas à mãos por artesãs de diversas comunidades do Ceará. Bingo para Liana!

spfw-verão-2016-agua-de-coco

Para fechar o 2º dia, a bela coleção da Juliana Jabour fez uma reileutra no verão dos anos de 1970. Peças leves e novas formas para batas e saias.

spfw-verão-2016-juliana-jabour

O 3º Dia de SPFW trouxe os desfiles de: Isabela CapetoReinaldo LourençoAlexandre HerchcovitchRonaldo FragaLolittaSalinasVitorino CamposJoão Pimenta e Colcci.
Bom, Reinaldo Lourenço dispensa apresentações. Simplesmente desconstruiu o smokings masculinos e transformou em roupa feminina, curta e jovem. #Adorei

spfw-verão-2016-reinaldo-lourenço
Mas o melhor do dia ficou à cargo da Colcci e a tão esperada despedida da Gisele Bündchen das passarelas. A über abriu o desfile com uma bata de rendas sobre um body negro de tiras finas e muito cruzadas nas costas que apareceu em muitos outros looks da coleção. Os jeans se mantém item forte da marca, mas achei a coleção masculino um pouco fantasioso, mas não deixou de ser lindo.

spfw-verão-2016-colcci-01spfw-verão-2016-colcci-02Chegamos ao 4º Dia de SPFW com os desfiles de Giuliana RomannoLino VillaventuraPatricia VieraAcquastudioLenny NiemeyerGIG CoutureTêca por Helô RochaIódice e Samuel Cirnansck.
Somente o talento e a inspiração de Lenny Niemeyer para conseguir transformar as clássicas fantasias de  carnaval: marinheiros, malandros, pierrôs… Em uma ótima coleção.

spfw-verão-2016-Lenny-Niemeyer

Samuel Cirnansck apresentou o desfile mais dramático da temporada, como sempre suas coleções são para as femme fatale, mulheres que não tem medo de ousar. Sua coleção foi inspirada nos anos de 1920, brilho, cordões, pedras, bordados e franjas.

spfw-verão-2016-samuel-cirnansck

O último dia de desfile ficou a cargo de FH por Fause HatenAfrica Africans ModaApartamento 03Gloria CoelhoAdriana DegreasWagner KallienoAmapô2nd Floor. Como de costume, Gloria Coelho apresenta uma linha mais esportiva e cheia  de classe, nada muito justo mas apresentando silhuetas.

spfw-verão-2016-gloria-coelho

Adriana Degreas trouxe do fundo do mar, seres estranhos e algas disformes. Barbatanas de tubarões, fragmentos de algas, espinhas de peixes toda a assimetria das profundezas serviu como inspiração para Adriana. Ficou diferente e ao mesmo tempo com cara de filme hollywoodiano, eu curti! 🙂

spfw-verão-2016-adriana-degreas

Para fechar a semana de moda, a 2nd Floor apresentou o que pouco dos seus colegas fizeram, uma coleção total verão, sem um pouco de cara de inverno. Thiago Marcon trouxe as cores e os tons que o verão precisa. Fechou o SPFW Verão 2016 com chave de ouro. #Arrasou!

spfw-verão-2016-2nd-floor

Fotos: Charles Naseh | Chic

O Melhor do SPFW Inverno 2015

spfw-inverno-2015Essa semana tivemos o maior evento de moda da America Latina, o SPFW, e mesmo na maior metrópole do Brasil aonde os relógios meteorológicos não funcionam direito, os grandes nomes da moda apresentaram suas coleções de inverno. Eu simplesmente acho bárbaro quando o frio chega em São Paulo, e é com muita alegria que compartilho contigo o que achei de melhor no SPFW Inverno 2015.

No 1º Dia de SPFW tivemos o desfile da Animale, UMA, Victor Dzenk, Tufi Duek, PatBo & Cavalera. E novamente escolhi o desfile da Animale como o melhor do dia (veja o Melhor do SPFW Verão 2015 aqui), Vitorino Campos apresentou sua primeira coleção para a marca, trouxe um sexy classudo e refinado e teve como inspiração  a Roda da Seda, tecidos macios e lãs flexíveis entravam em contrastes de pesos e texturas com as camisas, suéteres oversizes e saias de renda.

spfw-inverno-2015-animale

Outra coleção que encheu meus olhos foi a do Victor Dzenk, adoro o universo equestre. Estamparia imitando textura de pelagem equina, plissados em couro e chiffon encerado. Camadas e sobreposições. Uma salva para Dzenk!

spfw-inverno-2015-Victor-Dzenk

No 2º Dia de SPFW, tivemos os desfiles de: Pedro Lourenço, Reinaldo Lourenço, Pat Pat’s, Lolitta, Giuliana Romano, João Pimenta & Colcci. E pelo incrível que possa parecer, esse ano o meu desfile preferido não foi o da Colcci. Mesmo tendo a maravilhosa Gisele Bündchen no casting a marca apresentou mais do mesmo, não consegui ver novidade. O ponto alto do dia ficou entre família, pai e filho, Pedro e Reinaldo Lourenço!

Pedro Lourenço apresentou uma coleção cheia de animal print sem cair no look perua. Fez bom uso das saias e dos tops, e mostrou que o frio não vai ser predominante ano que vêm.

spfw-inverno-2015-pedro-lourenço'

Reinaldo Lourenço, buscou inspiração na arte renascentista de Florença e apresentou uma coleção para vestir diversos estilos. Super destaque no degradê cinza pulverizado, achei FABULOUS!

spfw-inverno-2015-reinaldo-lourenço'

No 3º Dia de SPFW, tivemos os desfiles ilustres de Alexandre Herchcovitch (feminino), Ellus, Lilly Sarti, Ronaldo Fraga, Vitorino Campos, Sacada, Triton e Iódice. Gostei muito do desfile da Ellus, Herchcovitch, dos urbanóide vermelhos do Fraga, e as roupas inspirada nos longas do Star Wars da Triton. Mas o melhor da noite foi o mergulho no glamour dos anos 1960 e na psicodelia dos 1970 que a Lilly apresentou.

spfw-inverno-2015-Lilly-Sarti

O 4º Dia de SPFW trouxe os desfiles das seguintes marcas: Patricia Viera, Gloria Coelho, Fernanda Yamamoto, GIG, Têca, Juliana Jabour, Lino Villaventura, Osklen e Riachuelo.
Gina Guerra e Patricia Schettino mostrou uma coleção cheia de estampas, traços e coloridos inspiradas na Uzbequistão para a GIG. As melhores estampas que vi nesse SPFW. Um salve para os lurex com desenhos de estrela. #Adorei! rs

spfw-inverno-2015-GIG

Tivemos uma novidade nesse 4º Dia, Versace para Riachuelo! A coleção é grande, limitada e promete atender todas as lojas do Brasil, Donatela Versace desenhou uma ótima coleção para o verão brasileiro. Mas o destaque da noite ficou para o básico chic da OsklenOscar Metsavaht fez um nova leitura das peças básicas que precisamos ter: um trench coat, uma peça de couro, um suéter, um jean e uma roupa de noite.

spfw-inverno-2015-Osklen

Para finalizar, o 5º Dia de SPFW tivemos os desfiles das marcas: 2nd Floor, Ascquastudio, Apartamento 03, Wagner Kallieno, LLAS, Amapô e TNG. Foi o dia de desfile que menos gostei. Claro, existiram os looks ❝ Wow’s! ❞ mas depois de tantos desfiles pareceu ser um pouco do mesmo, o que não significar ser algo ruim, fica claro que temos a tendência certa para o próximo inverno. Mas nesse dia, nos desfiles da 2nd Floor e da TNG, parecia que eu estava vendo um show ou até mesmo um musical já existente. Enfim, quem arrasou e encheu a passarela de ouro foi Esther Bauman em uma bem-sucedida coleção para a Aquastudio.
Mesmo utilizando tecidos como jacquards e ráfias trabalhados com fios dourados, Esther em contraste trouxe a transparência de tules e rendas e apostou em acessórios customizados para deixar a coleção mais jovial e sintonizada. #Arrasou!

spfw-inverno-2015-Aquastudio

Fotos: Charles Naseh | Chic