A Linguagem Do Emoticons

A tecnologia nos posiciona no mundo do avanço, do fácil acesso, do conforto e do “single touch”… Mas ao mesmo tempo nos regride ao modo rupestre da comunicação. No inicio eu achava os emoticons bonitinhos, atrativo para dizer a verdade. E por ser tão divertido, consequentemente transportamos para o mundo real, o que eu acredito que na maioria dos casos é o nosso erro.

E foi a partir desse momento que resolvi mudar algumas maneiras de me comunicar! Linguagem-Dos-Emoticons-Emoji-02Vire e mexe eu ainda uso um emoticon aqui no blog, no Facebook ou no Twitter, apenas por diversão, mas nunca como uma forma de linguagem. Mas bani por completo no WhatsApp. Por que?!

O app roubou por completo o lugar do SMS, e quer você queira, quer não, no mundo de hoje o Whatsapp é uma extensão da nossa comunicação. Hoje em dia tem advogados atendendo via ao app, têm negociantes fechando contrato, médicos dando suporte e diversos outros acontecimentos que esta acompanhando a tecnologia, o que é maravilhoso!

Eu comecei a me policiar quando eu estava respondendo uma cliente do trabalho com emoticons… Nunca isso deveria acontecer. Como vou compartilhar meu contato para um empresa sendo que no final do meu nome têm um monte de emoticons (o que um monte de gente faz)? Claro, tudo isso que estou colocando aqui são escolhas pessoais. Eu não faço!

Linguagem-Dos-Emoticons-Emoji-01

Só que de contra partida, eu também não gosto de receber um emoticon como resposta, um “joinha” no final do texto. Você esta captando a ideia que estou passando aqui!??! Eu nunca vou expressar a alegria que eu sinto em receber uma boa noticia com um simples 🙂 , capiche?! Eu falo, eu escrevo. E muitas vezes até a maneira que você escreve faz com que a pessoa do outro lado imagine você falando. Como fazer isso com um simples emoticon… Conta pra mim?!

Como eu coloquei no inicio do post, estamos avançando muito rápido com toda essa tecnologia, e preço que estamos pagando é muito alto. Estamos rodeados de gente mas conversando com um celular, estamos em familia e teclando com estranhos no smartphone. Agora nem precisamos mais escrever ou falar, um emoticon já expressa o que somos. No meu caso não… Estou mudando isso, tenho mais expressões que uma box de emoticons pode mostrar. Pense à respeito.

Como Administrar Seu Tempo Nas Redes Sociais

Assim que acordo a primeira coisa que faço é olhar o horário pelo celular e logo na tela inicial já dou uma conferida se recebi alguma ligação ou mensagem importante, pronto, o celular volta para o criado mudo e vou fazer minhas coisas básicas da manhã: Escovar os dentes, tomar banho, me arrumar, tomar meu café, ver noticias na TV e sair.

Antigamente não era assim (não tão longe), não conseguia sair da cama antes de conferir todos os tweets da noite, as fotos do Instagram e postar alguma mensagem de boas vibrações ou uma foto no Facebook, para somente depois levantar e fazer “as coisas básicas da manhã“.

No trajeto do trabalho ou de alguma reunião volto a pegar o celular e começo a acompanhar meus colegas de blog pelo o APP do Wordpress, curto todas as novas postagens e leio alguns artigos. Faço o mesmo pelo Facebook e Instagram. O Twitter é a ferramenta que menos tenho utilizado ultimamente. Mas o maior desafio é manter as postagens do blog em dia. Postar por postar não me serve mais. Não consigo mais atualizar se não for com algo relevante. Claro que não sou militante e sei dividir as postagens. Mas não consigo ficar replicando ou compartilhando conteúdo que não seja meu a não ser que eu tenha algo para debater ou que seja conivente com o que quero dizer.

Hoje posso dizer que não sou 100% refém das redes sociais, estou direcionando melhor o meu tempo de ócio e estou mais seletivo no que seguir e ler. Eu não sou um youtuber e não ganho dinheiro com nenhuma postagem ou indicação de produto que uso ou gosto. Portanto, o tempo que gasto nas redes sociais é por simplesmente ‘lazer’, não é meu trabalho. Por isso sigo alguns passos abaixo:

Organizar-Tempo-Redes-Sociais-02

1 – Quantidade de redes não é qualidade * Foque nas principais, aonde seu grupo de amigos ou de interesses estão localizados. Eu faço uso das seguintes: Blog, Facebook, Instagram e Snapchat. Nessa mesma ordem de importância. 🙂
2 – Cancele e-mails de notificações!
3 – Separe os conteúdos por plataforma * Uso meu Instagram para postar fotos e não são as mesmas que estão no Facebook e minhas postagem no Facebook não as mesmas que estão no Blog. O Twitter e o Tumblr é praticamente para divulgação e chamadas breves.
4 – Têm horário pra tudo! * Hora de trabalho é hora de trabalho, sobrou um tempinho depois do almoço, aí sim dou uma conferida nas redes. É uma regra muito simples, basta apenas definir os horários. Não percebemos, mas cada stalker ou aquela “espiadinha básica” como diz Pedro Bial, toma muito do tempo.
5 – Dieta nas pessoas que sigo * Não é só por que você me segue que sou obrigado a seguir você. Quando recebo algum convite ou estou curioso, acabo seguindo o perfil, mas deixou de ser relevante ou só ficou postando bogagem, perdeu um follow. As pessoas têm que agregar de alguma maneira. Colecionar figurinhas repetidas é jogar tempo fora.
6 – Real Time Answer * Não crie o hábito de responder tudo na mesma hora, as pessoas estão mal acostumadas, assim que é visto o check de visualizado acham que a resposta tem que ser imediata, não, não deve! :O
7 – Modo Silencioso * Nessa hora você têm que ser o mais prático possível… Começou uma reunião, entrou na sala de cinema ou durante um curso, desligue o celular ou deixe no modo silencioso. Não adianta deixar dessa maneira e ficar verificando de 5 em 5 minutos se têm alguma notificação, não se sabote!
8 – WhatsApp, o vilão da história! * Posso dizer que é o inimigo número 1 do tempo. A melhor coisa a se fazer é colocar os grupos que só mandam piadas e imagens que não agregam em silencioso. Colegas que vêm com papo mole e nunca passam de “Bom dia!“, “Boa tarde!” ou “Boa noite.” em silencioso. O que for importante basta apenas ligar e resolver.

O que vale lembrar é que o tempo que gastamos com a nossa vida virtual deixamos de estar com as pessoas reais… Vale mais um abraço, um beijo, uma conversa olha à olha do que sair enviando emoticons por aí! Pense nisso. 😀

Adeus, Orkut!

Vai começar o corre-corre para resgatar as fotos que temos nos álbuns do Orkut e salvar os famosos ❝ depoimentos ❞ carinhoso. A Google anuncia que no próximo 30 de Setembro, a rede social que há aproximadamente dez anos surgia no Brasil, vai deixar de existir. Bye bye, Orkut!

Assim como os antigos celulares perderam espaço para os Smartphones, o Orkut sucumbido com a chegada de redes sociais melhores e mais completas, vide: Facebook, Instagram, Whatsapp… etc.

orkut-adeus

Confesso que perdi o apresso pela rede quando começou a ❝ banalização ❞ das postagens, o fácil acesso de todo mundo deixar o Scraps que quiser na sua timeline, a enxurradas de gifs mal feitos e os erros grotescos de português. Mas teve o seu lado positivo… Fiz bastante amizades, tive conhecimento do free downloads de mp3, participei de encontros de comunidades e adorava ler minha sorte diária. Enfim, vai ser uma rede que de uma certa forma, ao lembrar, vai deixar um pouco de nostalgia, assim como as polaróides, o fax, o walkman e os discos de vinil.

Enquanto estava salvando minhas fotos e alguns testimonials, relembrei o lindo poema que ganhei de uma colega. Poema este, criado exclusivamente para minha pessoa e que tenho o prazer de compartilhar.

Quem Sou Eu

Se você me olha por fora,
Não reconhece o que guardo comigo.
Mais do que um belo sorriso,
Mais do que belas palavras
Guardo um segredo e um mistério escondidos,
Em minhas estranhas emaranhadas.

Alguns ousam declarar,
Que conhecem o meu ser,
Pelos textos que escrevi,
Pelas fotos que divulguei,
Mas somente eu sei, quem sou, e como serei.

Não sou astro de cinema,
Nem estrela popular,
Mas tenho em mim uma semente de luz que quer brilhar.

Espero que um dia, alguém olhe pra mim,
E veja em meus olhos mais do que eu mesmo vejo em mim,
E então seria um amor, pra sempre, doce amor,
Que torne minha mais rica de alegria.

Vivian Mello
22/04/07

Bom, aproveite para fazer o backup das suas fotos e depoimentos enquanto há tempo. Tenho certeza que você vai encontrar algo especial ou algum contato para matar a saudade. Quer saber como guardar para a posteridade os arquivos sem ter de copia-los um a um? Clique aqui e saiba mais. Boas recordações. 🙂